chamada pública
Programa Tá na Mesa contempla mais 13 municípios e restaurantes são convocados em edital

Publicado em 10/01/2022 19:09

Reprodução

Mais 13 municípios paraibanos vão integrar o programa Tá na Mesa, conforme anunciado anteriormente pelo governador João Azevêdo, quando encaminhou mensagem à Assembleia Legislativa, contemplando municípios acima de 8 mil habitantes. Para isso, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano, divulgou no Diário Oficial de sexta-feira (7) o Edital da 5ª Chamada Pública para os restaurantes que fornecerão as refeições nessas cidades.

Os 13 municípios incluídos na ampliação do programa são: Mulungu, Umbuzeiro, Juru, Triunfo, Baía da Traição, Marcação, Mataraca, Riacho dos Cavalos, Aparecida, Barra de Santana, Desterro, Gado Bravo e Juarez Távora.

Os restaurantes interessados em participar do programa Tá na Mesa deverão enviar as documentações necessárias de acordo com a regulamentação do edital convocatório, até a próxima sexta-feira (14), pelo e-mail sedh.tanamesa@gmail.com

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Para maiores informações o Edital Tá Na Mesa pode ser acessado por meio deste link
https://paraiba.pb.gov.br/diretas/secretaria-de-desenvolvimento-humano/arquivos/edital-ta-na-mesa-e-tr-5a-chamada-_-vrs-retificada.pdf

O Projeto Tá na Mesa foi criado com o objetivo de melhorar as condições nutricionais das famílias em condição de pobreza, dos trabalhadores informais e da população em situação de vulnerabilidade social de insegurança alimentar e de fomentar a rede de comércio de alimentação dos municípios da Paraíba, bem como toda a cadeia de abastecimento e fornecimento de suprimentos, a exemplo de produtores rurais e orgânicos, produtores de descartáveis, rede atacadista de distribuição de alimentos e outras atividades afins.

A ação se tornou um programa permanente de governo, em virtude do êxito da iniciativa implantada em caráter emergencial em maio do ano passado para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social e comércios locais afetados pela pandemia da Covid-19.

O programa é gerido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), responsável pela contratação das empresas fornecedoras e pelo disciplinamento da execução do programa.


Postado por SECOM PB

©Copyright 2007-2022 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com