Política
MPF investigará suposta propaganda antecipada, abuso de poder econômico e gasto irregular na campanha de Maranhão

Publicado em 14/12/2018 22:34

Reprodução

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) instaurou inquérito civil para investigar suposta propaganda eleitoral antecipada ilícita, abuso do poder econômico e eventual arrecadação e gasto irregular por parte do então pré-candidato a governador José Maranhão (MDB) nas eleições deste ano. A informação está publicada na edição desta sexta-feira (14) do Diário Oficial do órgão.

Conforme informações do MPF, a investigação vai apurar e-mail anexo contendo jingle de Maranhão antes do período liberado para propaganda eleitoral.

A portaria que autoriza a investigação está assinada pelo Procurador da República Sérgio Rodrigo Pimentel de Castro Pinto. De acordo com o MPF, o inquérito civil tem prazo de um ano para ser concluído.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Confira portaria que instaura a investigação:

Por Blog do Gordinho


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com