Legislativo
João Azevêdo aponta quebra de acordo em eleição da Assembleia, mas pretende respeitar decisão da Casa

Publicado em 02/02/2019 09:32 Atualizado em 03/02/2019 18:55

Reprodução

O governador João Azevêdo comentou as reviravoltas nas eleições para a mesa diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba, que aconteceram nesta sexta-feira (1º). Ele se mostrou surpreso com o resultado do pleito, mas declarou que irá respeitar a decisão da Casa Legislativa.

Mesmo com a quebra do acordo que havia sido firmado, João Azevêdo garantiu que nada deverá mudar entre os poderes. “Existia um acordo entre a base que não foi mantido, mas a relação entre os Poderes vai continuar a mesma”, ressaltou.

De acordo com João Azevêdo, a base que compõe o apoio ao Governo na Assembleia honrou o compromisso que tinha, demonstrando apoio aos candidatos indicados. O que teria acontecido foi a quebra de acordo por parte de alguns deputados da base, que voltaram atrás no seu voto para o segundo biênio.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“A base do Governo honrou o compromisso que tinha. Nós referendamos dois nomes para Assembleia, que foi o nome de Adriano e de Hervázio. No primeiro biênio a base inteira votou para eleger o deputado Adriano e no segundo biênio os deputados entenderam que deveriam fazer alteração. Foi uma quebra do acordo feito anteriormente, entretanto, cabe à Assembleia decidir seu próprio destino”, declarou o governador.

O deputado estadual Adriano Galdino foi eleito como presidente do primeiro biênio da Assembleia Legislativa da Paraíba. Logo após a primeira eleição, a escolha da mesa diretora para o segundo biênio foi feita. O candidato do Governo era o deputado Hervázio Bezerra. No entanto, Tião Gomes  fez uma fala no parlatório e conclamou Adriano Galdino a se candidatar como presidente novamente para o segundo biênio, conseguindo a reeleição.


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com