Política
Alexandre Frota diz ser 'persona non grata' no governo Bolsonaro

Publicado em 15/03/2019 12:25

Reprodução

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) afirmou, em sua conta no Twitter, ser “persona non grata” no governo de Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (14).

Segundo ele, o motivo é a defesa que faz pelo afastamento temporário do senador e filho do presidente Flávio Bolsonaro (PSL) para que responda às suspeitas em torno dele envolvendo seu ex-assessor Fabrício Queiroz e movimentações financeiras levantadas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Na mesma postagem, Frota também afirma que defende a prisão de Queiroz após o ex-assessor de Flávio confessar que repartia os salários de outros servidores do gabinete, apontando isso como outro motivo para o distanciamento com o Planalto.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Hoje depois de 4 anos de dedicação recebi a informação que sou persona não grata no Gov.Bolsonaro por eu defender a prisão do Queiroz que confessou rachar os salários de funcionários e por ter pedido o afastamento do Senador p ele apenas se defender”, escreveu Frota.

Yahoo Notícias


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com