Paraíba
Em Sousa: Ricardo entrega Centro Especializado em Reabilitação, aeródromo, escolas e ruas requalificadas

Publicado em 08/12/2018 11:03 Atualizado em 08/12/2018 11:48

Reprodução

O governador Ricardo Coutinho entregou, nesta sexta-feira (7), em Sousa, o Reabilita – Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), que representa um investimento de quase R$ 12 milhões, sendo mais de R$ 9 milhões para a construção do prédio e R$ 2 milhões na compra de equipamentos.Na ocasião, o governador também entregou a reforma do aeródromo da cidade com recursos na ordem de R$ 470 mil; o ginásio e passarela coberta da Escola Estadual Cidadã Integral Mestre Júlio Sarmento, onde foram aplicados R$ 675 mil; a Escola Estadual de Ensino Fundamental Renê Alves Ramalho, do assentamento Nova Vida I, em Aparecida, com investimento superior a  R$ 1,1 milhão; e a requalificação das vias de acesso à cidade de Sousa.

O CER IV de Sousa traz para o sertão paraibano um serviço similar ao que é oferecido pela Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), em João Pessoa. “O Reabilita representa o respeito e o compromisso que temos com as pessoas com deficiência. Só sabe o quanto esse equipamento é importante, quem precisava se deslocar para João Pessoa para fazer tratamento, enfrentando horas dentro de um veículo. Agora os moradores dessa região terão esse Centro Especializado perto de suas casas, oferecendo comodidade e dando mais qualidade de vida aos pacientes”, frisou o governador Ricardo Coutinho.

“O momento hoje é de agradecimento por todas as obras feitas pelo Governo do Estado, em especial por este Centro Especializado de Reabilitação. Esse local semeia a esperança e melhora a vida das pessoas. É uma obra emblemática para a cidade de Sousa e toda esta região”, comentou o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Serão oferecidos no Reabilita os serviços de diagnóstico e reabilitação nas áreas de deficiência física, intelectual, visual e auditiva, além de ser referência na região para pessoas ostomizadas, ou para aquelas que precisam receber a bolsa de ostomia. “Serão beneficiados com o CER IV 89 municípios. Esse equipamento vai preencher uma lacuna no sertão do ponto de vista da assistência à pessoa com deficiência. Ele vai trabalhar os quatro tipos de reabilitação: auditiva, física, intelectual e visual, além de fazer o acompanhamento de autistas”, explicou a secretária de Saúde, Claudia Veras.

Segundo a presidente da Funad, Simone Jordão, há pessoas que viajam cerca de 10 horas para poder fazer o tratamento na Funad, em João Pessoa. “Algo que até atrapalha os resultados do tratamento e deixa os pacientes desanimados. Abrir um Centro como este representa dar mais oportunidade de tratamento e dignidade para a população do sertão, inclusive os autistas que também terão atendimento no CER”, comemorou.

O Reabilita, construído numa área de aproximadamente 4000 m², conta com uma equipe multiprofissional formada por arteterapeuta, assistente social, educador físico, enfermeiro, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, psicopedagogo, psicólogo e terapeuta ocupacional. Com relação às especialidades médicas, a equipe é composta por clínica geral, neurologia, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, psiquiatria e pediatria. Pensado também para ser um serviço de referência ao Transtorno do Espectro Autista (TEA) na região do Sertão, o Reabilita vai ter um núcleo voltado especialmente para o atendimento às crianças, com profissionais específicos e protocolos de assistência específicos.

“É emocionante a gente estar presenciando este momento. Esse local vai melhorar a qualidade de vida, a cidadania e dar dignidade as pessoas da região que não têm um atendimento de saúde adequado. A Paraíba é um dos estados do país com maior número de pessoas com deficiência e este Centro era uma grande demanda do sertão”, afirmou o presidente do Conselho de Direito da Pessoa com Deficiência, Elosman Oliveira.

Ednaldo Alves é cadeirante há 16 anos e fez questão de conhecer o CER de perto com a certeza de que agora o seu tratamento será próximo de casa. “Tendo tratamento aqui é muito mais fácil para a gente. Eu faço tratamento em Fortaleza e é muito cansativo o deslocamento para outro estado. Esse Centro vai melhorar muito a nossa vida”, afirmou. 

Centro Especializado em Reabilitação (CER) –  Espaço de atenção ambulatorial especializada em reabilitação. Os CERs realizam diagnósticos, tratamento, concessão, adaptação e manutenção de tecnologia assistiva, se tornando referência para a rede de atenção à saúde no país. O serviço pode ser organizado a partir da combinação de, no mínimo, duas modalidades de reabilitação (auditiva, física, intelectual, visual), sendo nomeado nas seguintes formas:

  • CER II – serviço habilitado para atender duas modalidades de reabilitação;
  • CER III – serviço habilitado para atender três modalidades de reabilitação;
  • CER IV – serviço habilitado para atender as quatro modalidades de reabilitação.

http://static.paraiba.pb.gov.br/2018/12/ricardo-entrega-em-sousa-reabilita-centro-de-reabilitacao-foto-jose-marques-3.jpg

Escolas – A Escola Estadual de Ensino Fundamental Renê Alves Ramalho, do assentamento Nova Vida I possui quatro salas de aula  e foi construída numa área de 666,55 m², beneficiando 480 alunos. A unidade possui ainda arquivo, almoxarifado, diretoria, sala de professores,  SOP, bateria feminino/masculino e para PNE, cozinha, área de serviço, paneleiro, deposito de alimentos e deposito de material de limpeza, recreio coberto e circulação. Já a Escola Estadual Cidadã Integral Mestre Júlio Sarmento ganhou passarela coberta e ginásio, com um investimento de R$ 675 mil. A paassarela coberta em estrutura metálica em aço  SAC 300, confeccionada em perfil U e o ginásio é do tipo padrão com vestiários.

http://static.paraiba.pb.gov.br/2018/12/ricardo-inaugura-EEEF-Rene-alves-ramalho-em-aparecida-foto-jose_marques-1.jpg

Aeródromo – A reforma do Aeródromo de Sousa representa um investimento de aproximadamente R$ 470 mil. As obras consistiram na recuperação da cerca de mourões de concreto, execução da nova cerca entre o terminal e a pista, recuperação da base da biruta com nova calçada e colchão de brita, pisos (piso em granilite com polimento), coberta, colocação de bancadas em granito, instalações hidrossanitária e de águas pluviais, instalações elétricas e acesso para entrada de passageiros e pintura.

http://static.paraiba.pb.gov.br/2018/12/ricardo-entrega-reforma-de-aerodromo-de-sousa-foto-jose-marques-1.jpg

Pavimentação de ruas – Trata-se de mais uma obra de mobilidade urbana do Programa Mais Trabalho, a de número 175 do setor rodoviário. A requalificação das vias de acesso à cidade de Sousa, contemplam diretamente 69.554 habitantes. Foram investidos mais de R$ 4,2 milhões com recursos próprios. Em 10,8 km de extensão, foram feitos serviços de recuperação de calçamento e complementação de drenagem, recapeamento asfáltico com CBUQ, sinalização horizontal e vertical das seguintes ruas: Rua José Vicente, Rua Cônego José Viana, Avenida Nelson Meira, Avenida Odon Bezerra, Rua Getúlio Vargas, Rua Silva Mariz, Travessa Tenente Ananias Gadelha, Rua João Malvino Gomes de Sá, Rua Presidente João Pessoa, Rua Nabor Meira, Rua Sady Fernandes, Rua Nestor José Sarmento, Rua José Gadelha de Oliveira e Rua Norival Dantas Gadelha.

Com recuperação de calçamento e restauração da complementação do sistema de drenagem, recapeamento asfáltico com CBUQ (Concreto Betuminoso Usina a Quente), sinalização horizontal  e vertical, todas as ruas acima citadas, beneficiadas com diversos melhoramentos,  ampliam e modernizam a infraestrutura viárias da cidade, melhoram as condições de mobilidade urbana, reduzem os acidentes de trânsito e o tempo de viagem, melhoram  a qualidade de vida da população local e oferecem conforto e segurança aos usuários.

Secom-PB


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com