Geral
Em 2021, cuidar da saúde, estudar e investir serão prioridades de brasileiros, diz pesquisa
Pesquisa do Google mostrou ainda que mudar de casa e comprar um automóvel também estão entre os planos. Investir aparece na sequência, com 23% das respostas. Não poderia faltar a tradicional dupla 'Emagrecer/fazer exercícios', com 26%

Publicado em 21/12/2020 09:18

Reprodução

Com a pandemia, 2020 foi um ano bastante atípico no mundo todo e também no Brasil. Segundo pesquisa do Google, 19% dos brasileiros adiaram para 2021os planos que tinham. É até pouco, se formos pensar, que o isolamento social nos fez mudar boa parte de nossa rotina e suspender planos de viagens, compra de algum bem ou até a formação da poupança para aposentadoria.

O Google foi, então, perguntar aos brasileiros quais as prioridades deles para os próximos meses e “Cuidar da saúde” aparece como a mais importante, com 35% das respostas. “Investir meu dinheiro” aparece na sequência, com 23% das respostas. Não poderia faltar a tradicional dupla “Emagrecer/fazer exercícios”, com 26%.

A lista não para por aí. “Aprender uma nova língua” (24%) e “Comprar um automóvel” (19%) também entram nos objetivos.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Planos

Quando abrimos para a seara dos sonhos, das vontades, o Google apurou que o principal plano dos brasileiros (29% responderam isso) para o ano que vem é mudar de casa, um interessante aumento de 30% em relação ao ano passado. Com a pandemia, todos acabamos ficando mais em nossas residências e dar mais valor também para elas, o que ajuda a explicar o aumento.

Ainda em relação aos planos dos brasileiros, começar a estudar é o segundo principal planejamento para 19%.

Mão na massa

A fim de realizar esses desejos, os principais serviços procurados em 2021 serão: academia (24%), escolas/universidades (21%), site de emprego (21%), consulta médica (8%) e site de busca de imóvel (10%).

A pesquisa foi feita em outubro de 2020 através de uma Consumer Survey, ferramenta do Google que permitiu entrevistar 1.000 brasileiros conectados (pois foi feita on-line) em todo o Brasil, entre 18 e 64 anos.

 


Postado por Redação

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com