Esporte
Treze perde para Figueirense e é eliminado na Copa do Brasil
A partida aconteceu no estádio Amigão, em Campina Grande

Publicado em 31/01/2018 22:32

Reprodução

Treze e Figueirense se enfrentaram na noite desta quarta-feira (31) no jogo de estreia da Copa do Brasil. A primeira partida da história entre as equipes aconteceu no Estádio Amigão, em Campina Grande.

Os visitantes abriram o placar aos 20 minutos do primeiro tempo com gol de André Luiz e ampliaram com João Lucas aos 21 da etapa complementar.

Com o resultado, o time catarinense segue na disputa enquanto o Galo está eliminado da competição.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

 O Treze havia voltado a disputar a Copa do Brasil depois de quatro anos. Em 2014 o time se classificou na primeira fase depois de eliminar o Tombense, mas foi eliminado pelo Vasco na sequência.

Já o Figueirense, tem melhor desempenho, já que no ano passado foi desclassificado na primeira fase contra o Rio Branco, do Acre.

 

Primeiro tempo

A primeira chance da partida foi do Galo. Fábio Neves arriscou chute da entrada da área, mas a bola foi para fora.

Um minuto depois os visitantes foram ao ataque com Felipe Amorim. Melhor para Saulo que afastou o perigo mandando para escanteio. Na cobrança Elielton não finaliza bem.

Aos 9 minutos Ferrareis arma boa jogada, mas a arbitragem sinaliza impedimento.

Os catarinenses abrem o placar aos 20 minutos com gol de André Luiz. O atacante aproveita o vacilo de defesa trezeana e, sem goleiro, apenas empurra para o fundo das redes.

O gol sofrido não desanima os donos da casa e Marcelinho tenta, aos 30 minutos, e por pouco não marca.

Aos 33 mais uma tentativa do Treze, desta vez pela esquerda. Rayro cruza na medida e Reinaldo Alagoano recebe com precisão, mas é desarmado pela defesa do Figueira.

O time catarinense aparece com perigo aos 35 minutos numa jogada de Felipe Amorim.

No finalzinho, aos 43, o Galo mais uma vez tenta reverter o placar. Rayro, novamente, chega pelo setor esquerdo e passa por Fábio Neves. Ele troca passes com Dedé e Marcelinho, este chuta, mas a defesa do Figueira afasta.

Segundo Tempo

O Treze volta para o segundo tempo com ofensividade. Logo aos 2 minutos Marcelinho arrisca e obriga o goleiro adversário a fazer uma boa defesa. Quase o empate.

Em vantagem, a defesa dos visitantes 'se fecha' e fica esperando os contra-ataques. É justamente numa jogada assim que, aos 9 minutos a torcida trezeana passa por um grande susto. André Luiz chuta e Saulo tem que se esforçar ara defender a meta. Ferrareis vem no rebote e Ítalo tira em cima da linha.

Preocupado com o resultado, o técnico Oliveira Canindé faz a primeira mudança. Ele tira o lateral Marcelinho e coloca o atacante Vitinho. Galo vai para o ataque.

Depois é a vez do Figueira mudar. Ferrareis sai para entrada de Guilheme Lazaroni.

Na sequência o árbitro pune o zagueiro Nogueira por cometer falta. Ele recebeu cartão amarelo.

Aos 17 minutos, mais uma tentativa do Galo. Vitinho faz jogada pela direita e manda um chutaço. A defesa evita o empate.

Os visitantes ampliam o placar com gol de João Lucas aos 21 da etapa complementar. O lateral construiu a jogada pela esquerda, o goleiro trezeano falha e acaba empurrando a bola para dentro da meta.

Depois do gol, mais alterações. Felipe Amorim deixou o campo e Renan Mota o substituiu. Em seguida, Betinho deu lugar ao zagueiro Cleberson. A substituição deixou claro que para os catarinenses, a partida estava com a contagem encerrada.

O Galo também muda. Oliveira Canindé trocou o meia Tininho por Júlio Barbosa, aos 36 minutos, na esperança de criar chances de ataque.

Por fim, Elielton dá lugar a Guto no Treze. Mas, não deu para o time de Campina Grande, que foi eliminado na primeira fase.

Ficha técnica:

Copa do Brasil 2018
Estádio Amigão - Campina Grande

Equipes:

Treze
Saulo, Marcelinho (Vitinho), Ítalo, Leonardo Luiz, Rayro; Elielton (Guto), Dedé, Johnatan, Fábio Neves, Reinaldo Alagoano e Tininho (Júlio Barboza).
Técnico: Oliveira Canindé

Figueirense
Denis, Raul, Nogueira, Eduardo e João Lucas; Zé Antônio, Pereira, Betinho (Cleberson), Ferrareis (Guilherme Lazaroni); Felipe Amorim (Renan Mota) e André Luiz.
Técnico: Milton Cruz

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias de Araújo 
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e  Vitor Carmona Metestaine

Curta a fanpage do Araruna Online no Facebook e receba as últimas notícias   

Siga também o Araruna Online no Twitter , Google+ e por RSS.

Fonte: T5


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com