Vexame
Real Madrid é dominado pelo Eibar, leva 3 a 0 e volta a perder no Espanhol

Publicado em 24/11/2018 11:21

Reprodução

Neste sábado, o Real Madrid voltou a atuar de forma irreconhecível no Campeonato Espanhol. Em jogo válido pela 13ª rodada, o time merengue visitou o Eibar no Estádio de Ipurúa e foi completamente dominado pelo adversário, que venceu por um merecido placar de 3 a 0. Escalante, Enrich e Kike fizeram os gols.

Com o resultado, os comandados de Solari perdem a chance de encostar nos líderes da competição e permanecem na sexta posição, com os mesmos 20 pontos ganhos. Os donos da casa, por outro lado, vão a 18 conquistados e dão um salto considerável na tabela, assumindo a sétima colocação, ainda que provisoriamente, já que muitos jogos ainda completarão a rodada.

No próximo sábado, o Real terá mais um desafio complicado, desta vez contra o Valencia, já de volta ao Santiago Bernabéu. Um dia antes, o Eibar, por sua vez, visita o Rayo Vallecano no Estádio de Vallecas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Eibar não deixa Real jogar

O duelo começou movimentado. Logo aos três minutos de jogo, o Eibar tratou de dar um cartão de visitas ao Real Madrid. Kike recebeu na intermediária, matou no peito e, deixando a bola pingar à sua frente, emendou um chutaço com a perna direita. Courtois não alcançou, mas contou com a sorte e viu a bola carimbar a trave em seu ângulo esquerdo.

A resposta merengue aconteceu aos 10 minutos, quando Asensio carregou pela esquerda e tocou para Benzema dentro da área. O francês se antecipou à marcação e tocou na saída do goleiro. A bola só não entrou porque José Ángel foi muito bem na cobertura e tirou em cima da linha.

Os donos da casa não tinham tanta dificuldade para chegar ao gol adversário e, aos 15, a bola entrou. Em contra-ataque rápido, Cucurella levou pela esquerda e cruzou rasteiro. José Ángel chegou finalizando, Courtois fez a defesa, mas, no rebote, Escalante empurrou para dentro.

A partida esfriou após o gol e, diante de um oponente muito bem armado em campo, o Real Madrid não conseguia jogar. A melhor chance surgiu só aos 35 minutos, quando Bale cobrou falta da entrada da área, buscando o canto esquerdo. O goleiro Riesgo, porém, estava ligado no lance e conseguiu fazer a defesa em seu contrapé.

Vitória vira atropelo 

O segundo tempo veio, as equipes trocaram de lado, mas o cenário continuou o mesmo. Com plena incapacidade em sair jogando, o Real pagou caro. Logo aos seis minutos, Odriozola perdeu a bola para Cucurella no campo de defesa, e o meia serviu Enrich dentro da área. De frente com Courtois, o camisa nove bateu cruzado e não perdoou, ampliando a vantagem.

Cinco minutos depois, Cucurella voltou a dominar pela esquerda e, na linha de fundo, cruzou rasteiro. Enrich não conseguiu finalizar, mas a bola passou por Courtois e sobrou limpa para Kike, que só completou para a rede.

Aos 16, Orellana puxou contra-ataque pela direita, aplicou uma caneta em Ceballos, invadiu a área e bateu. Courtois voou para defender e evitou o quarto gol do time da casa.

O Real Madrid até tentou se lançar à frente, mas, sem ânimo suficiente, mostrava que a partida já estava resolvida. Solari colocou Isco no lugar de Modric e Vinícius na vaga de Asensio, mas nada mudou. Nem sequer um gol de honra o time teve energia para fazer.

Gazeta Esportiva


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com