Esporte
Fla negocia com Renato, que quer R$ 1 milhão, reforços e bônus por títulos

Publicado em 23/11/2018 12:08

Reprodução

Com 2% de chance de título depois da vitória sobre o Grêmio, o Flamengo tenta não perder o foco no Brasileiro nas duas últimas rodadas, enquanto nos bastidores negocia com o técnico preferido para 2019: Renato Gaúcho. No rival da última quarta-feira no Maracanã, o treinador tem uma proposta de renovação de um ano e quer R$ 1 milhão para permanecer, além de recursos para reforçar o time e bonificações por títulos.

O Flamengo tomou conhecimento dos valores e dos desejos do técnico e se vê capaz de cobrí-los. A proposta que será entregue a Renato durante sua estadia no Rio até este sábado prevê um projeto de três anos, mais gatilhos anuais de renovação, como prefere o treinador em todos os clubes.

Dos dois lados da mesa, a questão política é um entrave. Com a eleição de dezembro no Flamengo, a diretoria quer apresentar um projeto a Renato sem a elaboração de minutas de contrato, o que só aconteceria depois do fim do campeonato em disputa.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Do lado do treinador, há temor de que nesta negociação seu nome seja ventilado como um projeto eleitoral e, por isso, a postura é bastante cautelosa. Ao tratar o Flamengo como um sonho que um dia será realizado, Renato não se compromete, mas não deixa de flertar com o clube.

Ciente da aproximação, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, veio ao Rio para o jogo e tenta demover Renato de ouvir a proposta do Flamengo. Após a partida no Maracanã, não houve registro de encontros com representantes rubro-negros. Renato sequer comandou o treino físico do Grêmio na praia da Barra da Tijuca na manhã seguinte. Ficou com a família na Zona Sul do Rio, e com telefone desligado. Seu representante, Gerson Oldemburg, que vive no Rio, não confirmou oficialmente o recebimento de nenhuma oferta por enquanto.

O vice de futebol Ricardo Lomba, candidato a presidente pela situação, alegou que não vai comentar sobre treinador até o fim do Brasileiro. Rodolfo Landim, também procurado, não retornou os contatos. Renato é o técnico preferido do principal candidato da oposição.

Abel Braga, que conversou com os dois lados, afirmou que aguarda as definições mais adiante. Plano B no Flamengo, ele é analisado pelo São Paulo para o lugar ade Diego Aguirre.

Extra


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com