Economia
Auxílio emergencial: iniciado calendário para atualizar cadastro no Caixa Tem; veja datas

Publicado em 14/03/2021 21:00

Reprodução

Teve início, neste domingo (14), o calendário para atualizar o cadastro do auxílio emergencial no aplicativo Caixa Tem, utilizado para pagamento do benefício. Segundo a Caixa Econômica Federal, o procedimento é necessário para receber as novas parcelas em 2021.

Hoje, quem precisa atualizar os dados no aplicativo são os nascidos em janeiro. O calendário continua na terça (16), quando deverão atualizar o cadastro aqueles que nasceram em fevereiro.

Confira abaixo o novo calendário para atualizar os dados no Caixa Tem:

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mês de nascimento / Data para atualização

  • Janeiro – 14/mar
  • Fevereiro – 16/mar
  • Março – 18/mar
  • Abril – 20/mar
  • Maio – 22/mar
  • Junho – 23/mar
  • Julho – 24/mar
  • Agosto – 25/mar
  • Setembro – 26/mar
  • Outubro – 29/mar
  • Novembro – 30/mar
  • Dezembro – 31/mar

De acordo com a Caixa, o intuito da ação é reforçar a segurança dos dados do cidadão e diminuir o risco de golpes. Isto porque, no ano passado, o pagamento do auxílio emergencial foi alvo de diversas fraudes.

A atualização dos dados no Caixa Tem pode ser feita inteiramente pelo celular, sem necessidade de se deslocar até a uma agência. Basta acessar o aplicativo e seguir as orientações – o usuário deve acessar a opção “Atualize Seu Cadastro” no aplicativo e enviar a documentação solicitada (CNH ou RH, comprovante de residência e foto do beneficiário com um dos documentos).

Vale ressaltar que qualquer outro pedido de atualização dos dados por meio de e-mail, SMS ou mensagem de WhatsApp pode se tratar de fraude. Por isto, não clique em links suspeitos e nem forneça suas informações pessoais para atualizar seus dados no Caixa Tem se não for no próprio aplicativo.

Auxílio emergencial 2021

Já aprovado no Senado Federal e na Câmara dos Deputados, o auxílio emergencial 2021 deve ter seu calendário de depósitos iniciado em breve. A edição da Medida Provisória que regulamentará o novo benefício depende apenas da promulgação da PEC Emergencial na Câmara, o que está previsto para esta segunda-feira (15). Com isto, novidades sobre o pagamentos das quatro novas parcelas devem ser divulgadas ao longo da semana.


Postado por Redação

Publicidade

©Copyright 2007-2021 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com