Educação
Projeto “Meninas na Física e na Engenharia” desenvolve série de atividades no Câmpus de Araruna

Publicado em 12/09/2019 12:40

Reprodução

Implantado há pouco menos de um ano no Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde (CCTS) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Câmpus VIII, em Araruna, o projeto “Meninas na Física e na Engenharia”, realiza, nesta quinta-feira (12), uma série de atividades voltadas a incentivar as alunas dos ensinos fundamental e médio a se interessarem por carreiras científicas.

Ao todo, são 25 bolsistas e cerca de 500 meninas de cinco escolas da região do Curimataú paraibano que, por meio de financiamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), participam de atividades científicas ofertadas por um grupo de professores da Licenciatura em Física do Câmpus VIII da UEPB.

A coordenadora do projeto, professora Alessandra Brandão, explica que serão realizadas diversas atividades, entre elas o “Ciência com Pipoca”, que inclui sempre um filme, seguido de uma roda de conversa sobre mulheres na ciência. Será realizada ainda uma oficina de Astronomia, sob coordenação do professor Jamilton Rodrigues, com observação do céu noturno.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além destas atividades, o evento será marcado pelo reconto sobre a história de Malala Yousafzai, uma militante dos direitos das crianças, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz. A apresentação será feita por uma das bolsistas do projeto, que recebeu o livro da ativista na última atividade do projeto, em agosto. Até junho do próximo ano, o projeto deve realizar diversas atividades científico-culturais que incluem reuniões de grupos de pesquisa entre docentes da UEPB e professores da rede pública, visitas a laboratórios, capacitação de professores, criação e montagem da peça teatral “Mulheres na Ciência”, entre outras.

O projeto nasceu em 2018, com a finalidade de conscientizar jovens estudantes do sexo feminino sobre a importância da aquisição de conhecimentos científicos e tecnológicos e envolvê-las cada vez mais nestas atividades. A iniciativa é coordenada pela professora Alessandra Brandão e reúne um grupo de professores da Licenciatura em Física, ofertando atividades científico-culturais para quase mil meninas, alunas de cinco escolas públicas dos municípios de Araruna, Tacima e Cacimba de Dentro.


Postado por Redação com informações da UEPB

Publicidade

©Copyright 2007-2017 Todos os direitos reservados

ArarunaOnline.com