Publicidade
Esportes / amistosos da seleção
Postado em 19-05-2017 às 18:37
Sem Neymar, Tite convoca Seleção com Diego Alves e Rodriguinho

O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, 24 jogadores convocados para os amistosos contra Argentina e Austrália, que serão disputado nos dias 9 e 13 de junho, respectivamente, na cidade de Melbourne, na Austrália. Algumas novidades foram apresentadas pelo treinador, como o goleiro Diego Alves, do Valencia, o retorno do zagueiro David Luiz, do Chelsea, e a presença do meia do Corinthians Rodriguinho.

A questão da convocação de 24 jogadores é por conta de Renato Augusto, que recentemente sofreu uma lesão no pé, mas está treinando e deve voltar a jogar em breve. Como os amistosos serão disputados na Austrália, a logística é complicada para convocar outro jogador caso Renato não tenha condições de jogo. Por precaução, Tite chamou mais opções para o setor. Além do atleta do Beijing Guoan, Lucas Lima e Rodriguinho estão na lista.

 De acordo com o preparador físico Fábio Mahseredjian, alguns nomes que atuam na Europa foram deixados fora da lista por questões como preservação do período de férias, retorno recente de lesão ou presença na final da Liga dos Campeões. Isto explica ausências importantes como Neymar, Marcelo, Daniel Alves e Miranda.
 Tite, durante coletiva de imprensa, explicou algumas novidades na seleção brasileira. Ele aproveitou para avaliar que Rodriguinho concorre com Diego por um espaço na equipe. O meia do Flamengo se recupera de lesão no joelho, e o jogador do Corinthians ganhou a oportunidade.

– Rafinha tem 135 jogos, campeão alemão. Jemerson foi campeão francês e semifinalista da Champions, e acompanhamos in loco seu desempenho. Tem todas as credenciais neste aspecto. O Rodriguinho foi um dos destaques do Campeonato Paulista, ele concorria com o Diego. Eu procuro colocar e deixo claro que os atletas precisam concorrer com lealdade. Que os atletas produzam mais e elevem o nível técnico. Poderia ser o Diego, mas neste momento é Rodriguinho – afirmou.

Tite também tratou de temas mais polêmicos na lista desta sexta-feira. Um deles foi a convocação do lateral-direito Rafinha, que chegou a apontar que não jogaria mais pela Seleção. Outra questão foi a ausência de Neymar, que poderia gerar algum tipo de conflito com patrocinadores.

– Liguei e conversei com ele por telefone. Houve um mal entendido com relação à situação anterior. Ele disse: “Gostaria sim, é meu objetivo pessoal”. Aliás, como outros que não foram convocados me colocaram “A gente queria estar junto”. Que bom que tem esse sentimento. E é bom que os torcedores saibam que os atletas de férias gostariam de estar aqui para jogar – lembrou Tite, afirmando que sobre a ausência de Neymar houve uma reunião na qual o presidente da CBF, Marco Polo del Nero, deixou todos tranquilos para fazer o melhor pela Seleção.

Publicidade

Publicidade

Por: Globo Esporte
Compartilhe:
Comentários ()
Twitter #ararunaonline
ArarunaOnline.com - Copyright © 2007-2017.
Todos os direitos reservados.
Contato | Quem somos | Termos de Uso
-->